BUSCA

Quem sou eu

Minha foto
Sou doutora em Literatura. Escrevo há mais de 15 anos, mas sem disciplina. Sou aquela escritora que se guarda para o futuro, à espera de um grande acontecimento. Sinto que chegou a hora. É com retalhos e epopeias que me inventarei - com pequenos e grandes eventos - com fragmentos e grandes feitos - serei a tecelã de uma história e a sua heroína. Serei Penélope e Odisseu. Me acompanhe nesta viagem! Colunista da seção de Escrita Criativa na comunidade literária Benfazeja. Livros publicados: FLAUIS (2010) e RETALHOS E EPOPEIAS (Editora Patuá, 2012). Mais sobre mim em meu site oficial

Me encontre

MENU

Divulgue o blog!


Banner 120 x 60


Banner 150 x 90


Arquivo do blog

LEITORES

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Todos os textos são de autoria de Carolina Bernardes. A cópia não é autorizada e configura plágio. Tecnologia do Blogger.

30 janeiro, 2011

Curtíssima Metragem - Júlio Cortázar



Automobilista de férias percorre as montanhas do centro da França, entediado longe da cidade e da vida noturna. Garota lhe faz o gesto usual de pedir carona, timidamente pergunta se direção a Beaune ou Tournus. Na estrada umas palavras, belo perfil moreno que poucas vezes pleno rosto, laconicamente às perguntas de quem agora, olhando as coxas nuas contra o assento vermelho. Depois de uma curva o carro sai da estrada e se perde no mais espesso. De esguelha sentindo como cruza as mãos sobre a minissaia enquanto o terror pouco a pouco. Sob as árvores uma profunda caverna vegetal onde vai poder, salta do carro, a outra porta e brutalmente pelos ombros. A garota o olha como se não, deixa-se tirar do carro sabendo que na solidão do bosque. Quando a mão pela cintura para arrastá-la entre as árvores, pistola da bolsa e na têmpora. Depois carteira, verifica bem cheia, de quebra rouba o carro que abandonará alguns quilômetros adiante sem deixar nenhuma impressão digital porque nesse ofício não se pode descuidar.

CORTÁZAR, Julio. Último Round. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 2008.


2 Comentaram. Deixe seu comentário também!:

GIL ROSZA disse...

Isso é um classico! O cara se sente tão potente e seguro na sua situação de macho alfa, que diante duma armadilha, é alegremente pescado com o anzol enterrado fundo na curva de um largo sorriso.
_________________

Acabei de ler seu artigo sobre Literatura Infantil e achei ótimo. Realmente ao tentar escrever para crianças, alguns autores subestimam a mente crítica, curiosa e criativa que a maioria delas tem.

Roseane disse...

Surpreendente. A moça, tão frágil, acaba se aproveitando da sua condição insuspeita. Tenho muita vontade de ler Cortázar. Dizem que é muito bom.

Postar um comentário

Olá, obrigada por visitar meu blog. Sua contribuição é muito importante para mim!

LIVROS ESSENCIAIS

  • A Demanda do Santo Graal. (Anônimo)
  • A vida e as opiniões do cavalheiro Tristam Shandy. (Laurence Sterne)
  • Ascese. (Nikos Kazantzakis)
  • Cem anos de Solidão. (Gabriel Garcia Marquez)
  • Crime e Castigo. (Dostoiévski)
  • Folhas de Relva. (Walt Whitman)
  • Húmus. (Raul Brandão)
  • Judas, o Obscuro. (Thomas Hardy)
  • Mahabharata (Anônimo)
  • Memórias Póstumas de Brás Cubas (Machado de Assis)
  • Narciso e Goldmund. (Hermann Hesse)
  • O casamento do Céu e do Inferno. (William Blake)
  • O homem que comprou a rua. (Tarcísio Pereira)
  • O Perfume. (Patrick Süskind)
  • Odisseia (Kazantzakis)
  • Odisseia. (Homero)
  • Os Cadernos de Malte Laurids Brigge. (Rainer Maria Rilke)
  • Peter Pan. (J. M. Barrie)
  • Poemas (Seferis)
  • Poemas Completos de Alberto Caeiro (Fernando Pessoa)
  • Zorba, o grego. (Nikos Kazantzakis)

Banner 250 x 40


meu bichinho virtual

De onde vêm meus visitantes?

 
2009 Template Bucólico|Templates e Acessórios