BUSCA

Quem sou eu

Minha foto
Sou doutora em Literatura. Escrevo há mais de 15 anos, mas sem disciplina. Sou aquela escritora que se guarda para o futuro, à espera de um grande acontecimento. Sinto que chegou a hora. É com retalhos e epopeias que me inventarei - com pequenos e grandes eventos - com fragmentos e grandes feitos - serei a tecelã de uma história e a sua heroína. Serei Penélope e Odisseu. Me acompanhe nesta viagem! Colunista da seção de Escrita Criativa na comunidade literária Benfazeja. Livros publicados: FLAUIS (2010) e RETALHOS E EPOPEIAS (Editora Patuá, 2012). Mais sobre mim em meu site oficial

Me encontre

MENU

Divulgue o blog!


Banner 120 x 60


Banner 150 x 90


Arquivo do blog

LEITORES

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Todos os textos são de autoria de Carolina Bernardes. A cópia não é autorizada e configura plágio. Tecnologia do Blogger.

18 fevereiro, 2011

Estréia de minha coluna no site BENFAZEJA




Não foi com grande pretensão que dei início ao Retalhos e Epopeias. Como já afirmei anteriormente, simplesmente procurava imprimir disciplina às minhas tentativas de ser escritora. Conquistar um prêmio literário (e a publicação do livro) não foi suficiente para fazer de mim uma escrevinhadora oficial de histórias. Eu ia lentamente, vagando... Criar o blog foi, assim, a melhor de minhas ações. Agora não tenho mais vergonha de dizer que escrevo.
Mas se eu não tinha aspirações muito altas, a surpresa e emoção dos acontecimentos foram ainda maiores do que qualquer expectativa. O melhor da vida é não esperar. E por isso mesmo, hoje estou muito feliz. Nem mais nem menos: feliz!

Comunico a todos vocês que, agora, sou colunista da Comunidade Literária Benfazeja. O site é um dos melhores coletivos que circulam pela internet, oferecendo artigos de extrema qualidade, redigidos por uma equipe de escritores, especialistas em Literatura, apaixonados pelo ofício. Convido a todos os meus seguidores e leitores a conhecerem o Benfazeja. Clique AQUI.

E, claro, convido-os a prestigiarem minha coluna. Publicarei mensalmente sobre Escrita Criativa, com o objetivo de proporcionar aos escritores ferramentas para o seu aprendizado e aperfeiçoamento. Leia abaixo um tira-gosto de minha estréia ("Escrita criativa: inspiração e transpiração") e depois visite o site para ler o texto integral:





Gostaria de inaugurar a seção de Escrita Criativa afirmando que talento não é o bastante para se escrever um grande livro e conquistar o apreço da crítica. Mais do que se fiar no dom ou vocação, é essencial aceitar que não se aprende tudo sozinho e por magia. Não quero com isso desmerecer a qualidade literária daqueles textos que parecem brotar de um lampejo único e inadiável, nem tampouco o conhecimento do autor. Também não é meu propósito defender a necessidade de formação em Letras, pós-graduação e pós-doutorado (todos os pós que existirem) nos diversos Estudos Literários para se produzir um texto respeitável. Muitos dos grandes autores não precisaram de escola alguma. O que afirmo é o seguinte: talento é imprescindível, mas sem trabalho árduo não se produz nada.

Para ler o texto completo, acesse: Escrita Criativa: inspiração e transpiração.



2 Comentaram. Deixe seu comentário também!:

GIL ROSZA disse...

Gostei de saber! Estou torcendo! =)

Roseane disse...

Também acho que os textos literários não são produzidos somente por inspiração. Todo trabalho, literário ou não, exige muita transpiração, muito empenho. Parabéns pela sua conquista e que vc tenha muitas realizações para compartilhar!

Visitarei o espaço com certeza.

Abç!

Postar um comentário

Olá, obrigada por visitar meu blog. Sua contribuição é muito importante para mim!

LIVROS ESSENCIAIS

  • A Demanda do Santo Graal. (Anônimo)
  • A vida e as opiniões do cavalheiro Tristam Shandy. (Laurence Sterne)
  • Ascese. (Nikos Kazantzakis)
  • Cem anos de Solidão. (Gabriel Garcia Marquez)
  • Crime e Castigo. (Dostoiévski)
  • Folhas de Relva. (Walt Whitman)
  • Húmus. (Raul Brandão)
  • Judas, o Obscuro. (Thomas Hardy)
  • Mahabharata (Anônimo)
  • Memórias Póstumas de Brás Cubas (Machado de Assis)
  • Narciso e Goldmund. (Hermann Hesse)
  • O casamento do Céu e do Inferno. (William Blake)
  • O homem que comprou a rua. (Tarcísio Pereira)
  • O Perfume. (Patrick Süskind)
  • Odisseia (Kazantzakis)
  • Odisseia. (Homero)
  • Os Cadernos de Malte Laurids Brigge. (Rainer Maria Rilke)
  • Peter Pan. (J. M. Barrie)
  • Poemas (Seferis)
  • Poemas Completos de Alberto Caeiro (Fernando Pessoa)
  • Zorba, o grego. (Nikos Kazantzakis)

Banner 250 x 40


meu bichinho virtual

De onde vêm meus visitantes?

 
2009 Template Bucólico|Templates e Acessórios